BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sábado, 19 de dezembro de 2009

Em jeito de confissão... Boas Festas!



Amo de paixão o Natal. Não é o (dito!) Pai Natal e todos os apetrechos das varandas aonde ele sobe em escadinhas, os insufláveis, os Oh Oh Oh intermináveis dos bonecos vermelhos e barrigudos... (bom, já vi uns que não o são! novos tempos, talvez para combater o aumento da obesidade infantil) ... É uma época de luz, de alegria, as pessoas movem-se com mais energia e motivação, atarefadas nas suas compras; são as ruas iluminadas, o quentinho da lareira, o calor humano, o afecto familiar e sincero, as comidinhas gostosas desta época iluminada para muitos... para outros uma tristeza e frieza!
Eu confesso-vos: o meu Natal é todo o ano! O convívio familiar e social é uma prioridade. Esta época é só mais um pretexto para mais uma reunião familiar. Que saudável!
Todavia, tenho notado muita falta de sensatez, de cavalheirismo, de romantismo, de boa-vontade, de simpatia, de calma, entre as pessoas. Vejo-as a passar umas à frente das outras, e se possível arranhár-se-iam umas às outras no trânsito, nas lojas, perdem a razão, o respeito, tiram a credibilidade e beleza à época de amor e alegria. E eu pergunto: Porquê? A troco de quê? O que ganham? É com muita facilidade e à vontade que se perde a clareza de espírito, a nobreza, a sensatez e a serenidade. No outro dia contaram-me algo que me chocou profundamente, a ponto de me levar às lágrimas. Como é possível haver filhos que colocam os pais já velhotes nos hospitais nesta época festiva do ano??? Expliquem-me! É de bradar aos céus tamanha ingratidão e indiferença, desleixe e desrespeito. Rezo por dias melhores nas mentes destas gentes...
Desejo a todos os meus clientes e amigos, seguidores deste blog e os que (ainda!) não o são, conhecidos e estranhos: um Santo, Magnífico, Lindo e Amoroso Natal e um 2010 Estupendo, Tremendo e repleto de Êxitos e Alegrias. Sempre com muita Saúde, Amor, Paz e Abundância.
Grata de coração por todo o carinho dedicado***

0 comentários: